fale connosco


2020-12-23

ANTONIO GAUDENCIO - LISBOA

Tenham calma porque a minha intervenção vai ser curta e visa, apenas, fazer uma pequena correção ao pensamento do Zeca Afonso que citei  no meu texto anterior.

Por isso, onde se lia aquela coisa sem nexo que lá pespeguei, deve ler-se « Nem tudo o que digo penso e nem tudo o que penso digo ».

 

2020-12-22

Gaudêncio - Lisboa

Já vimos que o Aventino sobreviveu e que o Pe Faustino se finou mas, entre estes dois actos de vida, surgiu, no site, supostamente escrito por um ex-colega cujo apelido é Vilas Boas, um texto deveras interessante que me intrigou um pouco.

Apesar de umas quantas expressões típicas nos quererem convencer que o autor vive no Brasil, alguns momentos do texto exibem uma ironia fina,   "queirosiana " que me pareceu familiar e muito própria de uma certa pessoa conhecida. 

A minha memória já foi mas, mesmo assim, dificilmente aceito não me recordar de tal Vilas Boas nos corredores da Barrosa, pelo que, mesmo correndo o risco de ser desmentido, de ser injusto e outras coisas mais, para mim, o texto, excelente texto,  deve a sua paternidade ao nosso muito querido e estimado  amigo, Adolfo José de Barros Esteves Pereira, o nosso Adolfo, que tem o privilégio de " andar pastoreando ", pelas faldas da Estrela, um rebanho de ovelhas e solidões.

Só lamento, meu caro Adolfo, é que, apenas de quatro em quatro anos, surjam textos teus. Podias ser mais generoso e encurtar os prazos ?............ É que nós precisamos de coisas destas para ir sobrevivendo..........

Citando o Zeca (Afonso ) quero-vos dizer que : "nem tudo o penso digo nem tudo o digo penso" mas espero não estar enganado no que afirmei nem estar perante um fenómeno igual ao que nos surpreendeu, há uns anos atrás, com um célebre interventor chamado «J. Marques» que nos intrigou meses a fio.  

2020-12-21

José Manuel Lamas - Navarra - Braga

     

 

 

 

                           Após muito tempo esquecido

                          Eis que retorno afinal

                          Para fazer o que é devido

                         Desejar a todos feliz Natal 

 

 

                              Abraço .

2020-12-13

manuel vieira - esposende

Caro amigo,

dizem  que este ano o Natal vai ser diferente ...e por estar a aproximar-se esse dia festivo, aproveitei  para escrever mais cedo, fazendo uso do confinamento e outras restrições que vão condicionando  o  nosso dia a dia .

Temos claramente consciência dos tempos que vivemos e da forma como os devemos viver, num comportamento preventivo a que não deverá ser estranha a nossa experiência de vida.

E por ser uma festa da família com tantas e tantas tradições, vamos dar-lhe a energia contagiante e reforçada que compense eventuais ausências, com a certeza que oportunidades de abraços virão .

Conta com o meu abraço amigo e festivo, desejando-te e à família o maior conforto natalício, com saúde e felicidade. Estendo esse abraço festivo ao novo ano, que queremos bem melhor,

Manuel Vieira
2020-12-13

manuel vieira - esposende

O Osório ligou-me há minutos a informar que faleceu hoje o padre Faustino Ferreira, nosso ilustre companheiro em vários Encontros, um homem afável e de espírito aberto que encontrou em nós um grupo muito recetivo.
O padre Faustino viveu muitos anos no Seminário de Cristo Rei, onde foi professor de muitos de nós.
O seu funeral será na próxima terça feira, embora ainda não seja conhecida a hora.
Paz à sua alma...

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº