fale connosco


2014-04-17

davide vaz - ALMADA e SOITO

Meus caros ex-reclusos:~

Desde há tempos que ando com vontade de escrevinhar umas linhas.

Porém o meu problema de saúde complica as coisas e dificulta-me a escrita.

Tenho acompanhado o que aqui se tem dito sobre o próximo grande encontro.

O ano passado por razões de saúde não estive presente.

Mas para o próximo conto estar.

Sou de opinião que vamos a beja, apoiando ,assim, o que dizem o Alexandre e Peinado.

Tenho saudades das terras mouras e uma viagem à PAX JULIA estava mesmo a calhar e

 para mim, é muito mais pertinho do que GAIA.

Beja tem muito que ver e gostaria de passar peloo convento onde foram escritas as célebres cartas  por Soror Mariana Alcoforado qu estava apaixonada por um oficial francês que estava c´no noisso exército.

Há quem diga que o francês é que é o autor dessas caretas.

Confiemos que o nosso amigo vaz irá arranjarencontro que se veja e deseja.

Se persistirem com a realização do encontro em GAIA eu não irei pois fica muito longe para  mimj no estado em que estou.

Fico por aqui desejando a todos uma boa páscoa.

Aquele abraço do

Davide Vaz

 

2014-04-17

Antonio Peinado Torres - Porto

Bom dia Amigos e Companheiros AARS

Estou FELIZ, a nossa associação, apesar de ser formada na sua maioria por GENTE SENIOR está com vitalidade, e a prova disso são os sucessivos encontros que já se realizaram este ano, quer a Norte, quer a Sul e os que ainda se vão realizar, Nacional ou Regional desde já adiro à concentração a Beja, e caso não haja transporte organizado com saída de Vila Nova de Gaia, até vou de avião, pois tenho conhecimento que os nossos governantes investiram MILHÕES de euros NO AEROPORTO DE BEJA, e que de vez em quando , longe a longe, parte um avião para Cabo Verde e vice versa, mal aproveitada base alemã, mas enfim são os governantes que temos e tivemos, mas é a nossa maneira de ser que nos levou até onde estamos.

 Bom, mas a dinamica da nossa associação está imparável, vamos ter Beja, e estou com ansiedade por conhecer o Vaz que será o principal motor deste evento. Pegando nas palavras mansas do nosso Presidente, em Setembro iremos ter além do sarau animado pelo Aventino, uma visita possivelmente ao Palácio da Bolsa, à igreja de Santa Clara, às Caves do Vinho do Porto, um opíparo almoço no SOLAR DOS PRESUNTOS, e porque não uma assembleia geral em Gaia, onde além dos tais abraços e esclarecimentos, possamos ter uma ASSEMBLEIA GERAL e talvez uma ligeira alteração aos estatutos, mais própriamente dito quanto à periocidade da realização dos mesmos em Gaia, para que seja uma realidade contamos com o bom desempenho já demonstrado pelo Diamantino, Belmiro e Associados, Para BEJA já, Vaz podes contar com a minha inscrição e da minha mulher VIVA O PAPA FRANCISCO, que anda arredado deste site i vivam os AARS, Feliz Páscoa a todos Voltarei Peinado

 


2014-04-16

alexandre gonçalves - palmela

ENCONTRO  NACIONAL 2O14

 

Amicus Plato sed magis amica veritas (Aristóteles)

 

Platão é sem dúvida um grande amigo nosso. Mas nós (em se tratando duma clara e saudável divergência)preferimos a verdade. Platão tem ideias e tratados luminosos. Antes uma página breve de Platão que os maçudos e maciços tratados de Aristóteles. Porém, no contexto entretanto desenvolvido, optámos pelo último, pois é dali que nos chega mais luz. O primeiro fala de hipóteses. O segundo de trabalho efectivo, vinculado ao chão dos últimos dias de pompeia. Aclarando, os nossos imprescindíveis amigos Aventino e Vieira são pelo rigoroso cumprimento dos "pactos" votados em assembleia. Nós, sem que por isso sejamos aristotélicos, queremos ir mais longe, nem que para isso se tenham de alterar decisões, de certo modo ultrapassadas pelas características específicas desta associação. Para nós a verdade (já)não se coloca no plano dos princípios mas sim na ordem dos factos. (Contra fentos não há argumatos...) O que é preciso é navegar. A PALMEIRA não pode viver só de memórias. E muito menos desse regresso obscuro àquele monumento descaracterizado, para um encontro que já ninguém assume. Ninguém se prontificou a planear seja o que for. Não se andam trezentos, seiscentos e tal quilómetros para um abraço, de discutível apetência. Não se mobilizam quarenta ou cinquenta cromos, já trémulos de evidências acumuladas pelo saber dos anos, para um simples almoço, por mais ruidoso e abundante que seja. Mesmo para isso, ponha o dedo no ar quem faz. É de fazer que se trata. E de fazer novo, num espaço que já foi testado nas mais diversas maneiras. Pelo contrário, no vasto jardim marítimo que nos habita, as hipóteses são mais que bastantes para que os nossos dias se alimentem ainda de cultura, de paisagens, da mais aclamada gastronomia, de gestos inesquecíveis. Tal como já foi dito anteriormente, já está em preparação a visita a Beja, cidade moura, onde em fins de maio e princípios de junho ainda é possível provar qualquer coisa que saiba a novo. E reanime as hostes para a jornada, porque "viver todos os dias cansa". 


2014-04-12

António Manuel Rodrigues - Coimbra

 

Embora tenha sido um dos últimos, se não o último, a ingressar na nossa associação, informo-vos que, havendo saúde e não surgindo outro qualquer impedimento, comparecerei no nosso próximo encontro, realize-se ele onde se realizar.

Na data já sugerida, 24 e 25 de Maio, não comparecerei e creio que já não há tempo para o organizar.

Boa Páscoa e muita saúde para todos.

António Manuel Rodrigues

2014-04-11

manuel vieira - esposende

rebus sic stantibus

Não vou comentar o ajuizamento gastronómico do Peinado pois a temática mais quente e fumegante veio do lado do nosso amigo Aventino, referenciando  um princípio jurídico que atenta às obrigações contratuais, neste caso concreto porém, mais um compromisso desenvolvido durante a última Assembleia Geral em 2012 em Gaia e superiormente dirigida pela sua pessoa e secretariada por outro eminente causídico de nome Mário Lage.

De facto a ata referente a essa sessão ainda não foi votada pois isso deverá acontecer na sessão seguinte que ainda não ocorreu, mas a seu tempo merecerá  aprovação.

Compete ao Secretário da Mesa a sua elaboração e ao Presidente da Mesa velar pelo seu cumprimento.

O Aventino tem razão quando relembra o  que ficou assente na dita Assembleia. Ficou assente que se voltaria a Gaia de 2 em 2 anos, não se excluíndo a meu ver  a possibilidade de uma alternativa em caso de consentimento generalizado, procurando desta forma preservar a autonomia da vontade do grupo.

Organizar um fim de semana em Gaia exige hoje mais criatividade do que acontecia há anos, até porque os cenários eventualmentemais curiosos já mereceram a nossa presença  e procura-se em cada ano ultrapassar a excelência organizativa do último evento.

É verdade que os Grandes Encontros nacionais têm merecido grande empenho e exigência dos colegas que assumem a responsabilidade da sua organização e com grande êxito.

Apreciei muito o trabalho bem planificado do último Encontro em terras do Demo, e dou os parabéns ao Belmiro, ao Diamantino, também ao Castro e ao Gaudêncio.

O Belmiro e o Diamantino fizeram um bom  trabalho, um otimo trabalho de equipa que beneficiou também da experiência profissional do Belmiro desenvolvida em tempos na sua velha fábrica das Loiças. Provavelmenteestes nossos colegas referenciados  transpiraram bastante a subir serras, mas também as desceram e respiraram fundo por participarem daquela forma na Missão.

Faço  um desafio a estes 2 nossos colegas para desenharem para este ano  um Encontro que tenha uma tenda em Gaia e estou certo que não faltarão apoios para que o evento tenha o êxito dos demais. Eu estou ao dispor para colaborar e outros colegas do Norte, sobretudo, não enjeitarão contributos, esperando-se do Sul motivação e mais motivação.

Olhemos em frente porque o caminho se faz caminhando e temos muita capacidade para o alcançar…

 

 

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº