fale connosco


2014-05-09

DAVIDE VAZ - ASLMADA - SOITO

Meus caros amigos e companheiros ex-reclusos:

Fala-se da aprovaçãõ duma proposta numa reunião magna da ida a Gaia de 2 em 2 anos.

~Eu não estive na dita assembleia pelo que não a votei.

Mas, tal como o Peinado, se tivesse estado presaente votaria contra.

Tenho que louvar os companheiros que organizam os encontros pois é um coisa que dá muito trabalho.

Fiquei contente pela escolha de Beja que é umja cidade e região que me encantame de que pouco conheço,

 Já por várias vezes eu tenho advogado visitas ao sul.

Por exemplo Évora é belíssima e património mundial.

Ficaraápara outra vez..

Vamos deixar-nos de fanatismos que só nos desunem.

Cultivemos a amizade e deixemos os formalismos!

Por mim lá penso estar em Beja, Serpa, Vidigueira, Alqueva etc...

E quero comer umas migas de baclhau com coentros e cantar como os alentejanos:

Castelo de Beja

Subindo lá vais

Tu metes inveja

Às águias reais.

Aquele abraço para todos do

Davide Vaz

2014-05-09

Delfim Pinto - Praceta Bento Gonçalves, 16, 1º. Esqº.

Até Beja, amigos Alex e Vaz.

E ...outros amigos...também...


2014-05-09

Arsénio Pires - Porto

Amigos:

Para serenar os ânimos, vou contar uma pequena história que de certeza se tem passado muitas vezes com todos nós… desde que nascemos!

Era uma vez cinco sapos que se encontravam estrategicamente instalados num ramo sobre o lago à espera que algum insecto menos atento por ali passasse a fim de poderem engoli-lo para conforto das suas luzidias mas famintas barrigas.

Ora acontece que havia já bastantes horas de espera e nem um só dos tais insectos surgia por perto das suas bocarras armadilhadas.

Como sempre acontece nestas ocasiões, surgiu um dos cinco sapos e coaxou solenemente:

- Que pasmaceira, malta! Estou farto disto. A fome aperta e nem um só insecto para amostra. Temos que decidir mudar de estratégia! Que vos parece?

E depois de animada e por vezes acesa discussão, quatro dos cinco sapos decidiram ir para a outra margem do lago e montar a espera aos insectos noutro galho.

 

Agora, amigos, acaba aqui a história com esta pergunta:

- Quantos sapos ficaram no primeiro galho?

 

(segue até ao fim da página e encontrarás a resposta)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 


 

Resposta:

- Ficaram os mesmos cinco. Sabeis porquê? Porque  um dos cinco sapos não alinhou na conversa e os outros quatro DECIDIRAM sair mas não se moveram do sítio onde estavam!

 

Moral da história:

Uma coisa é DECIDIR e outra, muito diferente, é AGIR.

 

Quem tiver olhos para ver, que veja.

Até Beja, amigos Alex e Vaz.

 

2014-05-09

Delfim Pinto - Praceta Bento Gonçalves, 16, 1º. Esqº.

Amigos em geral e amigos em particular:

Acho que muitos aproveitam a página online mais para se envaidecerem do que para informarem e cultivarem. No entanto, não sei porque razão quase todos os dias a visito com prazer.

Venho excepcionalmente também para me envaidecer e digo:

O respeito é muito bonito não nos esqueçamos.

Sou da opinião que deveremos convencer pelos actos e não pelas intenções.

Já o defendi em assembleias gerais e nacionais que:

Se as missas não passassem a ter frescura e espírito de verdade com a intervenção do Arsénio e Padre Faustino não teria retomado a sua celebração; e estou a ver que se os encontros nacionais não passarem a ter frescura e o mínimo de qualidade cada vez serão menos os presentes.

Eu nessa referida assembleia fui um dos que votou a favor de Gaia de dois em dois anos, mas isso não quer dizer que passados os dois anos não tenha uma opinião diferente, por muito que me custe.

Na verdade, ninguém se chegou à frente para se responsabilizar pela organização do encontro nacional deste ano. Não basta defender a ideia é fundamental assumir as consequentes responsabilidades.

Todos sabemos que o Alex prefere que os encontros se realizem em locais organizados com amor e carinho e dedicação e qualidade. E pelos vistos tem tido razão, pois de um modo geral têm muita gente e todos têm gostado. E reparem que em todos eles está a mão do Alex.

Eu estou como o meu cada vez mais amigo Peinado: Façamos em Beja um grande encontro nos dias 14 e 15 de Junho deste ano; e alguém se esmere para se conseguir, ainda este ano, um encontro em Gaia.

Termino apenas para sublinhar: mais actos e menos palavras (vaidosas e ou injuriosas).

Para bem dos que necessitam da AAAR.

Um abraço.

Não sei se voltarei.

 

Delfim Nascimento.

2014-05-09

António Peinado Torres - Porto

Bom dia Amigos e Companheiros

No próximos dias 17 e 18 alguns de nós vamos rumar à QUINTA DO SEIXO, situada na Faia, Distrito da Guarda, estância de TURISMO RURAL e propriedade  do casal Adolfo e Ofélia-

Não se trata de um ENCONTRO NACIONAL nem REGIONAL, mas sim  um encontro de condiscipulos , que rumaram em 1955 ao Seminério de Cristo Rei e de mais alguns companheiros que normalmente nos acompanham nas andanças dos ROTEIROS gastronónic

Se só agora dou notícia deste evento, foi porque a lotação da Pousada  cinge-se a 11 quartos e esgotamos a lotação, do curso supra citado seremos 9 presentes , mais o nosso GONÇALVES DIAS, que se encontra nos EATADOA UNIDOA DA AMÉRICA, em meu nome e do grupo os votos sinceros das suas melhoras pois bem merece toda a nossa amizade e carinho.

Como escreveu o FREI ASSIS a REVOLUÇÃO CONTUNUA, por tal motivo muitos dos COMILÕES e AMIGOS estão esperando pela marcação da JÁ tradicional FAVADA em Orbacem

É asssim que eu sinto a ASSOCIAÇÃO, e seria assim que eu gostaria de ver até PARTIR

Aqui fica a notícia e uma saudação para todos

Voltarei

Peinado

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº