fale connosco


2015-01-21

Arsénio Pires - Porto

Francamente, gostei do post do Davide! Estás em forma, companheiro!

Amigos, para além do saudável humor com que o Davide nos brinda, convém anotar que, como o nosso Presidente Vieira anunciou, o 


Encontro Nacional será nos dias 1 e 2 de Maio.


Estejam atentos. Proximamente anunciaremos o Programa Preliminar.


             Eu sou Arsénio

2015-01-21

Castro - Penafiel

Charlie? O que é isso?

Será um jornal?

Um pasquim?

Uma revista de banda desenhada tipo "O Patinhas"?

JORNAL NÃO É CERTAMENTE! Os jornais têm por principal objecto informar, as notícias são produzidas por JORNALISTAS, e estes não podem usar "palas".

Será uma manifestação da Liberdade de Expressão?

Talvez. Mas se o exercício dessa liberdade não estiver sujeito qualquer tipo de limites, quer resultem da lei como alguns que todos conhecemos, e aos quais nos vergamos, sob pena de malharmos com os costados nas grades, quer os que pela sua natureza, conflituam de forma séria e grave, sob o ponto de vista cultural nas suas diversas manifestações, na sociedade global de hoje, estes não menos importantes que os outros, dizia eu, que se o exercício desse direito que reputo de inalienável, não obedecer a certos limites, não é direito nenhum.

É inqualificável o que aqueles terroristas assassinos fizeram àqueles cidadãos. Têm que ser combatidos sem tréguas.

Mas os terroristas combatem-se com recurso aos mesmos meios que eles usam, quer os associados às novas tecnologias de informação e comunicação quer aos meios bélicos indispensáveis. Combatem-se pela força. As canetas são um meio acessório nesse combate.

Por outro lado, se as canetas conduzem ao conflito entre culturas, a troco de uma necessidade de sobrevivência económica dos seus utilizadores, usando um estilo de comédia de duvidoso interesse, encapotado no tal direito à liberdade de expressão, eu também NÃO SOU CHARLIE!

Como já alguém disse: "agora malhem".

Um abraço fraterno e pacífico.

2015-01-21

Davide Vaz - Almada

Meus caros amigos ex-reclusos.

Os meus cumprimentos  a toda a rapaziada.

Não tenho aparecido a escrever por dificuldades com a visão mas vou lendo, com a ajuda de lupa, o que vão transmitindo.

Agora animei-me e com dificuldade vou tentar dizer também alguma coisa.

Fiquei contente em saber que o passeio anual  já está em preparação.

Fambém à semelhança de outros ex-reclusos atrevo-me a sugerir que o mesmo não se relizasse no 10 de junho ou em dias de peregrinações.

Eu não queria perder  o espectáculo que é o Cavaco a condecorar  mais alguns administradores da pt, ricardo salgado, ou quejandos que ainda o não tenham sido.

Por outro lado também não quero deixar de assistir ao belo que é o átrio de Fátima com os romeiros a rastejar e a largar as suas esmolas…

Por isso arranjem lá data de modo a eu não  perder  isso…

Já agora eu quero aqui dizer que  SOU CHARLIE.

Um abraço para todos!

 

2015-01-18

José Manuel Lamas - Navarra - Braga

          São 23 horas e 24 minutos . Começo a escrever nesta hora do dia 17 , para assim , poder terminar no dia 18 . Isto é , com  a intenção de deixar aqui , os meus parabéns ao nosso companheiro Martins Ribeiro, pois que faz anos a 18 de Janeiro .

         Vinha eu , munido de um pequeno rascunho , mas acontece que , o calôr da lareira aliado ao conteùdo da garrafinha há minutos aberta , já me faz sentir dilatados os canais da inspiração ( e da respiração ) o que me obrigou a pôr de parte , o referido rascunho . Tanto o que já foi escrito como o que a seguir se escrever , não constava do apontamento , pelo que vai ser como de costume ... de improviso , que eu não consigo fazêr de outra maneira .

      

          Ao nosso honorável companheiro Martins Ribeiro .

 

 

                     Pela bela idade que já tens

                     E não revelares cansaço

                     Dou - te os meus parabéns

                     E envio - te aquele abraço 

 

                     Tu já estás a ficar velhote

                     Devias andar com jeitinho

                     Vai com pouca sêde ao pote

                     Tem cuidado com o Alvarinho

 

                     Enquanto escrevo esta nota

                     Dou comigo a pensar

                     Que apesar de já seres cota

                     Ainda tens muito p'ra dar

 

                     Não devia dizer o que digo

                     Fazia bem estar calado

                     Chamar cota velho a um amigo

                     Pode deixá - lo muito irritado

 

                     Se o Ribeiro fosse islamita

                     Eu estaria a pôr- me a jeito

                     Incluído numa negra lista

                     Por certo já estava feito

 

                     Mas como o Ribeiro é bom cristão

                     Por esse perigo eu já não passo

                     Quando o vir estendo - lhe a mão

                     E ele até me dá um abraço .

 

 

    Para acabar , dirijo - me a um companheiro que tem primado pela ausência .

 

                         Por onde andas ó Peinado

                         Que de ti eu já nem sei

                         Tu aqui ainda és esperado

                         Pois disseste ... voltarei .

 

    P'ra todos ... aquele abraço

                               

                                                Zé Lamas

2015-01-18

manuel vieira - esposende

Hoje, dia 18, faz 82 anos o nossos decano e amigo Martins Ribeiro e há dois anos chovia copiosamente quando me deslocava para os Arcos a juntar-me a outros muitos colegas que lhe apontavam um almoço surpresa de aniversário no "Alto da Prova". Era um almoço preparado em grande surpresa com a antecedência de um mês e não foi fácil chegar ao dia mantendo o segredo e garantindo a sua presença, com a conivência da D.Conceição.

Lembro a presença do Aventino que nessa manhã foi a Lisboa e veio para estar presente no evento e a manifestação que tínhamos preparado não tínha cartazes mas calou fundo e reforçou as amizades.

O Gaudêncio está curioso por conhecer razões de um passado mas vai ter certamente oportunidade em Maio de encontrar o Aventino, desde que a organização garanta os cartazes à porta do mosteiro da Batalha.

Voltando ao Martins Ribeiro, aqui lhe deixo um abraço graúdo, sempre interessado em repeti-lo nos próximos anos.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº