fale connosco


2015-09-03

José de Castro - Penafiel

Olá Meus Amigos!

Estou a começar a escrever e ao mesmo tempo a ver as duas últimas linhas de um dos textos que o Aventino connosco partilhou. Diz assim: Imoralidade da estória: entre os fascistas do Tribunal de São João Novo e a comunistada da Academia de Coimbra a diferença era, apenas, no tom do cinzento.

Isto é uma pequena maravilha... não é qeu fiz um copy/paste e funcionou mesmo?

Continuando. Eu estava a olhar para aquela frase desse Amigo provocador e a pensar: este tipo (palavra que muito se usava no seminário quando por lá andei e sem qualquer conotação pejurativa), É MESMO UM PROVOCADOR.

Como ninguém se mexeu, não perdeu tempo e saiu agora com o seu último "post". E AGORA?

Mexeu comigo e como é evidente tem toda a razão. E como é evidente não podia ficar calado. E como é evidente as coisas não podem ficar como se nada tenha sido dito. E como é evidente terei que avançar para a convocatória da Assembleia. E como é evidente chamarei todos à participação neste evento que poderá muito bem ser o mais formal desde que eu participo.

ESTÁ ABERTA A AUDIÊNCIA!

2015-09-01

AVENTINO PEREIRA - PORTO

 

A ASSEMBLEIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO

Todas as Associações têm um ESTATUTO e a nossa não foge, necessáriamente, a essa regra.

Vejamos o que dizem os Estatutos:

"A Assembleia Geral reune em sessão ordinária todos os anos em princípio pela festa de Cristo Rei"

A sua sede é no Seminário de Cristo Rei.

***

Ora, digam os meninos, digam:

1.a quem compete a convocação da Assembleia?

-ao Presidente da Mesa da Assembleia

-muito bem.

2. para que data?

-em princípio pela festa de Cristo Rei.

-muito bem.

3.e a última pergunta: para que local?

-para a Rua Visconde da Devesas, 684 em Vila Nova de Gaia.

-fantástico. Os meninos conhecem muito bem os Estatutos da Associação. Parabéns.

2015-08-27

jose manuel lamas - Navarra.Braga

               Convidaram_me para almoçar 

               Mas saí de casa atrasado 

               E ainda antes de eu chegar 

               Já o restaurante estava fechado 

 

               Tomamos então outro caminho 

                O que me trouxe incómodos tamanhos

                 Pois eu queria comer um cabritinho

                 E acabei a comer maranhos

 

                 Dizem_me ser coisa pobre

                 Que é comida de pelintra

                  Mas eu acho ser coisa nobre

                  Pois foi o que de melhor comi em Sintra.

 

 

         Aquele abraço

                                     Zé Lamas.   

2015-08-25

Assis - Folgosa

Mais palavras para quê ?

Queridos Amigos da AAAR

Depois de ter lido e repetido com prazer o prato que os "serventes" da pena se dignaram colocar nesta nossa mesa, não resisti à pergunta "mais palavras para quê?" - Textos e poemas tão belos não podem deixar-nos insensíveis. O deleite que os seus autores nos proporcionam não tem paga cabonde que lhes possamos devolver. Por mim, vou ficar-me com o simples bem-hajam e a promessa de continuar a ser seu devoto leitor.

Aceitai o meu abraço fraterno

PS - Um pedido: Dado que, com o avançar dos dias, vamos tendo cada vez mais dificuldade em ler as letras pequenas, procurai usar, pf., letras de maior dimensão. Obrigado.


                  

2015-08-23

Manuel Vieira - Esposende

Ouço falar em férias mas ainda não sei o que isso é, este ano, mas espero em breve dar uso a alguns dias de bom descanso.

Aproveitei para reler os bons textos que por aqui se publicam e insisti no "hino à vida" do Ricardo Morais, que ontem fez anos, por transparecer um pouco do modus vivendi de quem olha os ramos largos e secos da palmeira da Barrosa.

 As oportunidades da boa convivência que por vezes surgem em título de qualquer convite emitido em Palmela ou Orbacém traz à liça a listagem dos amigos que ainda temos, que preservamos mas não usamos, entendendo-se a palavra "usar" como sinónimo de partilha do tempo, das emoções, das memórias.

O Fernando Viterbo também fez ontem anos, parece.

Também hoje faz 95 anos o nosso amigo Henri Le Boursicaud que vive em Fortaleza, Brasil e tem um historial de vida dedicado aos outros, àqueles que mais sofrem.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº