fale connosco


2010-01-13

Arsénio Pires - Porto

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum 

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum 

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum 

ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum   ide ao fórum

2010-01-12

manuel vieira - esposende

O Fórum já tem tema quente e para lá chegar basta clicar aqui à esquerda onde diz "Fórum". Para ler basta entrar em "Discussão Geral" e ler os tópicos que aparecem. Para poder responder tem de se registar e para isso onde diz REGISTE-SE completa com o nome de utilizador e a password e guarda esses dados. para "falar" sobre um tema específico o Fórum é o ideal. Para beber um Alvarinho já tem de ser aqui, no "fale connosco".Pode custar um bocadinho a princípio mas isso é como tudo.
2010-01-12

M. José Rodrigues - Macedo de Cavaleiros

Dirijo-me ao Arsénio, que me convidou - e aos demais- a conversar no Forum da "sala", estando eu já ambientado nestas conversa mais informais de "cozinha". Olha, Arsénio, dada a minha relativa aptidão para "especificidades internéticas", não sei se consigo entrar lá.Talvez tente em breve. Não é que tenha sede de sangue. Após cenas sanguinolentas da guerra, agora, de sangue só uma boa cabidela -cá estou eu a cair nos assuntos da cozinha!-, umas sopinhas com cobertura de sangue cozido esmiuçado, regado com azeite (e os tempêros) a "rijar", amolecidas previamente à maneira da massa das alheiras... e pouco mais. Quando muito poderei ir para a "sala" malhar (como dizia o tal!) e apanhar alguma "trepa" - pois quem vai...dá e leva- correndo grave risco a louça mais que as pessoas. Não é na sala que reside a louça mais fina? Agora que me ouça o Assis. Meu caro, longe da minha ideia querer ver-te já com os pés no altar! Quero-te com os dois pés bem assentes no chão, por muitos anos, que ainda tens longa jornada para andar e muito que fazer, umas vezes mais limpos e outras mais sujos pelo trabalho. Usei a metáfora arrojada da santidade só para te dizer que te vejo como um homem bom e portanto "humano" como tu queres ser e eu também quero que sejas, desejando o mesmo para mim. Quanto aos azeites e aos bagaços, fizeste-me mais imodesto do que sou na realidade:de bagaço nem falei; de azeite disse que por aqui se produz do melhor do reino, o que quer dizer que há outros, pelo menos, tão bons.O Morais pode estar descansado. Há dias estiva com ele. Perguntei-lhe por que não aparece por aqui. Disse-me que anda com graves problemas de cobertura da rede "internética". Valete fratres. Um abraço para os dois e para quantos por aqui andam.
2010-01-12

Arsénio Pires - Porto

esta é só para vos dizer que no fórum já escrevi com todas as teclas pois comprei um computador só para o efeito e pus alguns pontos sobre o casamento dos homossexuais que muitos de vós já leram e concordaram pois não combateram as minhas ideias e venho dizer que fiquei muito contente por concordarem comigo e que ninguém se atreva a discordar está bem? e ponto final
2010-01-11

Assis - Folgosa - Maia

Continua a rir-me e, agora, com mais gosto...Acabo de pôr a leitura da conversa em dia e que vejo? Um que me quer pôr nos altares, outro que fala em poligamia, outro ainda que apenas se considera inventor de "BOTIJAS ECOLÓGICAS", outro que me considera mau cozinheiro, pois deixei estorricar o assado, e olha que é já por duas vezes, amigo Marques. Por ti, pois começo.Realmente não me considero bom no campo das tecnologias informáticas. Sou um "velho" aprendiz do feitiço que esta tecnologia maravilhosa põe à nossa disposição. A culpa foi realmente minha e já não vou voltar a pedir ao Vieira que melhore o nosso "sítio". A este digo-lhe sim que não se preocupe com as invectivas do amigo Marques, pois não conseguirá conduzir-me até ao campo do duelo com o amigo Ismael, ele que até tem gostos mais semelhantes com os meus: estamos seguindo ambos pelas planuras da Mancha montados, ele no esqueleto cavalgar de D. Quixote e eu no burriquito do Sancho.A nossa luta, não passará duma luta contra alguns moinhos e, agora,há tantos por esses montes fora...coitado do nobre cavaleiro se hoje se visse percorrendo novamente as planícies de Espânea...-Quanto ao inventor das ditas botijas ecológicas, amigo Ribeiro, põe de parte a ideia de patentear a tua invenção.Não sabias que já foram inventadas hà milénios? Pois é verdade.Foi um engenheiro ecologista subdito do rei "santo" David.Folheia novamente o A. Testamento e por lá vais encontrar, não 60 mas muitas mais, que já eram usadas pelo rei santo para aquecer os pés. Agora, para ti, meu caro Zé Transmontano, FABRICANTE do melhor azeite e do melhor bagaço de Portugal - espero não ofender o Morais, esse malandro preguiçoso que ainda não saiu da toca - . Então já fazes parte do sacro coro cardinalício? Olha que ainda ninguém me lavou os pés, a não ser quando era criança e uma vez em Gaia quando fui um dos 12 numa certa 5ª feira santa.Nesta até já os havia lavado,e bem, conforme a recomendação não sei já de quem.Ainda continuo a sujá-los na lavoura que vou fazendo, não tão ousada quanto a tua. Vou-me contentando com um pequeno quintal e uma pequena horta,mas onde a terra se agarra não só à enxada mas também às mãos e às botas. Portanto,ainda tens que esperar muito tempo para me veres nos altares.Longe de mim tal pretensão.Apenas desejo ser "humano" por inteiro.Para todos o meu abraço

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº