fale connosco


2010-05-27

manuel vieira - esposende

"Depois da tempestade vem a bonança", diz o bom povo, mas não tanta direi eu.

Parece que se esgotou o tema, depois de ter esgotado a paciência a alguns colegas mas os conteúdos do "Pontos de vista" continuam a ser objecto de leitura pela sua riqueza e diversidade.

Desde o "Congresso Ecuménico" na Alemanha até à "Maria Madalena", os diversos temas disponibilizados podem ser agora comentados, alargando assim a partilha de opiniões, o que era uma carência com solução reclamada por alguns colegas.

2010-05-21

Peinado Torres - Porto

Caros Companheiros Regressei ao activo , li a correspondencia trocada pelos meua amigos desde o passado 1 de Maio e sinto-me mais tranquilo,dado que os escritos sao mais temperados. E com isto quero-me referir ao tema varias vezes abordado e por varios companheiros sobre a PEDOFILIA. No meu pensamento e dado que ja ca vao 67 anos de vida ,para mim este nao e um problema da Igreja ( DOS PADRES ), infelizmente e um problema universal e da humanidade, que as autoridades dos varios paises nao resolvem. vasta ver o que se passa com o caso CASA PIA, a justica nao funciona. E verdade que tais casoa nunca deveriam ter aontecido dentro da Igreja Catolica, mas a justica eclesiastica tambem e lenta e disfarçada, e com isto quero dizer hipocrita.Por hoje termin o meu escrito saudando todos os companheiros, enviando um abraço muito especcial para o Assis que fez ANOS, E para o Martins Ribeiro porque nao tem nada porque desistir, e dos bons e com muita experiencia de vida, e e confortante relacionarmo-nos com pessoas assim Qualquer dia voltarei.
2010-05-19

JMarques - Penafiel

Meus caros amigos, amanhã bem cedo estarei de partida em comissão de serviço e o tempo durante uns tempos vai ser escasso.Essa escassez que bafeja alguns dos nossos colegas que continuam ausentes por estes lados, embora tão presentes quanto ausentes num silêncio ensurdecedor que até cega os surdos.Longe da tecnologia mas pertinho do mundo real,onde o sol abrasa e a fé é de esperança. A dúvida não existe...
2010-05-16

JMarques - Penafiel

Tem sido preconceito ver este papa segundo um ângulo reaccionário e foi para mim uma surpresa as diversas mensagens que deixou na sua visita em Portugal.

Algumas dessas mensagens, para mim importantes, reforçam um pouco algumas coisas que eu fui dizendo por aqui, um pouco também ao estilo de Saldanha Sanches que estes dias desapareceu e acabou por ser alívio para os que nunca gostaram de o ouvir ou ler.

"Cada um deve fazer da sua vida um lugar de beleza e a Igreja está sempre a aprender a conviver e a respeitar os outros, outras verdades, ou as verdades dos outros".

De uma forma clara responde a alguns dos nossos colegas mostrando a necessidade de uma tolerância e de uma esperança que a Verdade ilumine cada um.

Quando disse que a "perseguição à Igreja não nasce dos seus inimigos, mas do seu interior" desarmou muitos dos que pensam que o perigo vem dos "infiéis".

Quando defendeu a "liberdade de culto" num tempo em que "a fé corre o risco de apagar-se" é importante repensar aqui as ideias formatadas que alguns colegas entendem como de obediência intolerante, esquecendo que a fé terá de ser num deus e não em alguns conceitos preconceituosos interiorizados numa aprendizagem submissa.

Essa tolerância que o papa defende, tem de ser percebida e o ateu ou o agnóstico têm lugar no debate da fé.

A Igreja continua a aprendizagem da convivência e é importante que no Fale connosco não se desaprenda e contrarie o que Bento XVI veio dizer a Portugal e digo-o independentemente do que eu sinta em relação à Igreja do Vaticano, na liberdade de fé e no sentimento de esperança de um mundo novo.

2010-05-12

manuel vieira - esposende

Meu caro Marques,

A visita de Bento XVI ao nosso país trouxe novas mensagens e discussões interessantes em que desato um estudo feito pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa no Porto, que revela que o Papa actual exibe uma expressão facial "congruente, consistente e verdadeira". Segundo eles, "os movimentos e linguagem faciais do Papa Bento XVI são simétricos e articulados com o discurso verbal e contexto nos quais são produzidos e exibidos".

Este estudo iniciou-se em 2005 após a sua eleição e faz parte do projecto científico "A neuropsicofisiologia da face.Os movimentos e linguagens em figuras públicas".

Os resultados sobre o estudo da expressividade da face do papa vão ser apresentados durante a conferência "Os vestígios  emocionais do cérebro na face humana: o efeito da idade" a decorrer no próximo dia 20 na Universidade Católica em Braga.

Hoje Bento XVI disse em Lisboa coisas importantes que o ciberjornalismo relatou:

O papa Bento XVI reconheceu hoje que 'há toda uma aprendizagem a fazer quanto à forma de a Igreja estar no mundo' actual, defendendo um 'respeito dialogante' que permita uma comunicação e 'respeito por outras verdades'.

Há toda uma aprendizagem a fazer quanto à forma de a Igreja estar no mundo, levando a sociedade a perceber que, proclamando a verdade, é um serviço que a Igreja presta à sociedade, abrindo horizontes novos de futuro, de grandeza e dignidade”, afirmou Bento XVI no seu discurso a personalidades da sociedade portuguesa.

A convivência da Igreja com “o respeito por outras ‘verdades’ ou com a verdade dos outros é uma aprendizagem que a própria Igreja está a fazer. Nesse respeito dialogante, podem abrir-se novas portas para a comunicação da verdade”, afirmou Bento XVI.

Perante uma plateia onde se destacavam personalidades do universo cultural, Bento XVI defendeu que esse diálogo deverá ter lugar 'sem ambiguidades', respeitando em todas as circunstâncias as partes nele envolvidas'. Aos olhos do Papa, essa deverá ser 'uma prioridade para o mundo de hoje', da qual a Igreja não se poderá alhear.

Apelando a que sejam feitas pontes entre o passado e o presente, Bento XVI defendeu que 'a dinâmica da sociedade absolutiza o presente, isolando-o do património cultural do passado e sem a intenção de delinear um futuro'.

Esta clareza de palavras enobreceu a sua mensagem.Mas Isto foi o papa a dizer porque se fosses tu ia haver de novo mal estar.

 

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº