fale connosco


2010-08-26

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Caros amigos:

Peço-vos que se, porventura, o achardes descabido ou inoportuno, me desculpeis o que vou dizer neste tópico. Não pretendo iniciar qualquer polémica nem a alimentarei por nenhum motivo, pois tudo já é passado. Só que as convicções permanecem e entendi fazê-lo porque uma revoltante indignação me deixou deveras transtornado.  Admito que será um assunto muito sério e fora do contexto deste espaço mas, quanto mais não seja, considerai-o como um grito no deserto. Aqui há meia dúzia de anos atrás, e quando o tema do aborto estava na sua furiosa pujança, tive uma discussão de café com um rapaz amigo, comunista convicto, de inabaláveis ideias esquerdóides. Lembro-me de que, após acalorada e irracional discussão, com alguns gritos incoerentes á mistura, eu terminei com a seguinte frase em jeito de axioma: "… caro amigo, ao menos concedam á criança o direito a que ela nasça e, se não a quiserem, torçam-lhe então o pescoço, porque matá-la na barriga da mãe, será o mesmo que ser morta depois de nascer. Mas tem a vantagem de, ao menos, lhe terem concedido esse justo direito". O "falso" amigo atirou-se a mim como gato a bofe, mimoseando-me com insultos e epítetos impronunciáveis. Depois, mais tarde, lá veio a lei:  "...pode-se abortar á vontade", passando á frente de tudo, com as respectivas despesas pagas pelos impostos de todos,  que tal não é crime nem ninguém será preso. Após a consumação tudo se calou, tudo se conformou e veio o silêncio. 

Vem isto a propósito da notícia  que hoje li num jornal, de que uma mulher tinha matado o seu filho depois de o ter deixado nascer. Entendo que foi mais "honesta" no seu acto porque, acima de tudo, não foi cobarde e lhe pôde ver a cara, comprovando também a minha afirmação. Porém, o que me indignou e me levou a escrever este texto, foi a miserável hipocrisia da dita lei feita por verdugos que, para um acto exactamente igual, tem outro peso e outra medida. Deus lhes perdoe!

2010-08-25

Peinado Torres - PORTO

Bom dia companheiros Estava à espera deste correio do nosso amigo e companheiro MARTINS RIBEIRO e aproveito para rectificar a data disponovél 20 a 28 de Setembro. No meu modesto entender será muito bom que a malta se reúna à volta de uma mesa comendo seja o que for, desde que seja bem cozzinhado, para que nos seja dada a inspiração para falarmos de coisas sérias, como a viagem missionária do ASSIS, das nossas aventuras e claro , uns cortes na casaca. Para aferroar o nosso PRESIDENTE comunico que vou in iciar o meu 2º turno de férias e regresso a 19 de Setembro. Um forte abraço para todos e como sempre VOLTAREI.
2010-08-24

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Caros companheiros; 

sempre ouvi dizer que o prometido é devido. Assim sendo e como combinei com o colega Peinado Torres após a "enguiada" da Gafanha de Aveiro, está a chegar a minha vez  aqui na nesta terra. Ela não tem mar, mas tem serra: e o que anda na serra? Claro, um cabritinho saltador. Para vos garantir que o animal é mesmo genuíno e não canino disfarçado, já o ouço balir aqui nos fraguedos da montanha. Dizem por estas bandas que ele deve ser ainda mamão. Ora, essa característica é que não vai ser assim tão fácil de comprovar. Mas mesmo que o dito caprino não esteja nessa idade da mama e seja já bisavô, afianço-vos que, depois de estar no prato, ninguém vai reparar em tal pormenor. A data está calculada, por conveniência, de 19 a 26 de Setembro, contudo, ao certo ao certo, será posteriormente indicada. Convinha aparecerem mais alguns companheiros, para não sermos só os comedores de enguias; quase certos, estão ainda o Arsénio, o Vieira e o Humberto Morais. Se não vierem mais … bem, assim a coisa fica mais composta. Não venham com subterfúgios do género "… só pensais em comer" porque são críticas destrutivas. Ganhai lá essas forças …  e depois berregai.

Abreijos!

2010-08-22

assis - folgosa

Um Bom Domingo para todos vós e para as vossas famílias.

Ainda sem imagens, pois apenas as possuo por agora na máquina fotográfica, eis-me aqui para vos dar algumas notícias.

Chegados na noite do passado dia 12, já tivemos a oportunidade de fazer algumas visitas à gente pobre de V. Velha. Também participámos em duas sessões de terapia comunitária do projecto Quatro Varas que fica aqui mesmo ao lado da casa de José Airton - "O Advogado de Pirambu" e agora também de Vila Velha - casa em que estamos hospedados. Uma casa pobre que está sendo melhorada, pois as chuvas de Abril haviam derrubado a parte que nos serviu de abrigo em 2009. Menos mal que ninguém nela se encontrava na ocasião. Ele poderia ter um palácio, mas optou por viver com os pobres. Ele, que já vivia numa barraca ainda antes do encontro com o Pe. Henri Le Boursicaud, foi certamente quem melhor compreendeu o verdadeiro espírito da partilha, o espírito de Emaús. - Do seu encontro com o Pe. Henri, nasceram além de duas comunidades de Emaús - Amor/Justiça e Vila Velha, aqui de Fortaleza - também a tal Terapia Comunitária, com a colaboração imprescindível do seu irmão Dr. Adalberto Barreto, terapia que hoje está espalhada por todos os Estados do Brasil, e até na Argentina, Uruguai, França e Suiça. Há um psiquiatra brasileiro formado no Porto que ainda espera poder um dia levá-la para Portugal

- Amanhã, 23 de Agosto, é dia do 90º aniversário do Pe. Henri. Já o ano passado aqui celebrou os seus 89 anos precisamente nas instalações do Projecto Quatro Varas. Este ano, estivemos a fazer todos os esforços para que possa ser já no "Galpão" que servirá de apoio avançado aos pobres de Vila Velha Três. Umas instalações muito rudimentares que têm vindo a ser construidas num pequeno terreno que se conseguiu comprar já o ano passado também com o dinheiro angariado com a venda do livro "Paris-Roma a Pé" do Pe. Henri, uma edição que conseguimos tirar em linguagem brasileira em tempo muito limitado. Neste momento, também o dinheiro que alguns associados quiseram partilhar com esta gente pobre ali está a ser interrado. O vosso dinheiro será semente que morre como o grão de trigo mas que em breve dará espigas de pão dourado. 

Àqules que ainda queiram colaborar, de forma sazonal, ou mensal, lembro que o NIB da conta é o mesmo que o nosso presidente Manuel Vieira e eu próprio tornámos público neste nosso site. Não interessa que o quantitativo seja grande ou pequeno. A mais valia encontra-se certamente no AMOR que nela ponhamos.

Não podeis imaginar - a menos que já alguma vez tenhais visto com vossos próprios olhos - as condições em que estes nossos irmãos vivem... Uma visita a estes locais creio que faria bem a todos aqueles que nos dizemos cristãos...

Fica aqui este desafio para quem o deseje "jogar" e o nosso Bem-Haja a quantos/as já partilharam ou desejem partilhar dos seus bens.

Um abraço e até breve

Assis

2010-08-21

manuel vieira - esposende

Cheira mesmo a tempo de férias!É o calor por vezes nefasto mas também a quietude militante causada pelo impressionante descanso.

Mas essa vida calma tem só a ver com a presença neste espaço pois no dia a dia estou a imaginar muitos dos nossos colegas a vivenciar a prática  dos desportos radicais de verão, tão cansativos que depois só pedem descanso.

Entretanto  a nossa revista Palmeira está já em fase adiantada, o que mostra que alguns dos nossos colegas que a ela se dedicam não pararam e  preparam a sua edição para breve.

O Verão e os tempos do outono que se aproxima e a transição energética associada a essa mudança deverão ser abordados em parte dos seus conteúdos.

É verdade que já tenho saudades da presença de alguns colegas que colaboravam na animação deste espaço mas fico esperançado que o descanso evidenciado nas férias gere as energias bastantes para uma participação mais assídua.

Continuação de Férias boas para todos.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº