fale connosco


2010-09-27

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Caros companheiros e amigos:

Dirijo-me a todos mas, principalmente, ao "cabriteiros" para informar de que, após diversas tentativas de conjugação de datas para a prometida cabritada aqui nos Arcos, parece que, finalmente, a coisa se compôs; dessa forma e de minha iniciativa, fica marcado o dia 15 do próximo mês de Outubro, uma sexta feira, para realização do evento. Ide pensando na vossa vidinha e se, porventura, surgirem mais incompatibilidades em tal sentido, podeis chiar mais uma vez, pois haverá ainda tempo para as harmonizar; isto sem prejuízo de um contacto telefónico dirigido aos interessados.

Agora outro assunto: após o último tópico do Arsénio aqui publicado, já dei a volta ao mundo e verifico que mais ninguém tem aparecido, o que é mau. Estou como alguém disse e que eu li, não me recordo onde: "… então ninguém conspira?" Parece-me que só aparecem por aqui os "camaradas" de sofá. Vamos lá animar isto que as vindimas estão a acabar!

Um abraço a todos!

2010-09-20

Arsénio Pires - Porto


Temos ouvido e lido algumas afirmações sobre o passado de Bento XVI no “exército nazi alemão”, não de todo condizentes com a verdade dos factos. Algumas dessas afirmações pretendem, até, conotar o Papa com o regime nazi.

Para quem interesse, eis a verdade histórica.

Em 1943, Ratzinger, com 16 anos, foi incorporado, pelo alistamento obrigatório, no Exército Regular Alemão, e não numa Divisão SS, numa unidade da Wehrmacht encarregada da bateria de defesa antiaérea da fábrica da BMW nos arredores de Munique, sendo transferido depois para Unterförhrin e Gilching, ao norte do lago Ammer.

Ratzinger foi dispensado em 10 de Setembro de 1944 do serviço na bateria antiaérea de Gilching e poucos dias depois foi enviado compulsivamente para um campo de trabalho em Burgenland , na fronteira da Áustria com a Hungria e a Checoslováquia para realizar trabalhos forçados. Depois foi incorporado no quartel de infantaria em Traustein, mas desertaria pouco tempo depois de lá chegar.

Com a rendição alemã em 8 de Maio de 1945, o jovem Ratzinger foi recolhido preso no campo aliado de concentração de prisioneiros em Bad Aibling, com mais de quarenta mil prisioneiros e foi libertado em 19 de Junho, apenas dois meses depois de ter completado os dezoito anos.

Ratzinger foi ordenado padre apenas em 1951 e, portanto, nunca desempenhou funções eclesiásticas no decorrer na II Guerra Mundial.

2010-09-16

Arsénio Pires - Porto

Faleceu hoje o pai do Manuel Vieira, nosso colega e presidente da Associação.
O funeral é no sábado, dia 18, às 16 horas, na igreja de Fão (Esposende).


Ao Vieira apresentamos os nossos sentimentos e deixamos, aqui, o nosso abraço amigo.

2010-09-11

Arsénio Pires - Porto

Amigo David:

Recém-chegado dumas curtas férias, soube pelo Alexandre e, agora, pelo nosso chefe, Manuel Vieira, que estás a passar um mau bocado, uma vez vez que te levaram à faca.

Daqui te mando um forte abraço cheio de votos de rápida recuperação.

Parece que, pelas serras dos Arcos bale já um cabrito esperando por nós.

E nós esperamos por ti!

Saúde!

2010-09-10

manuel vieira - esposende

Confesso que aprecio bem o fado, mais o de rua sob os candeeiros mortiços e a bruma da intimidade do grupo. Em Fão, onde nasci e onde aqueci muitas noites nos pátios dos largos do casco urbano da velha vila, apreciei a canção e as cantigas das velhas revistas acompanhadas da guitarra e dos violões dos amigos. Ainda o ano passado corremos os pátios de Fão a recordar a via sacra de outrora e largas dezenas de pessoas espreitaram um pouco da vida mundana acompanhando os trinados repetidos na noite.Acenderam-se tochas tão na moda e apreciou-se também o silêncio. Os ritmos variaram e cantou-se à desgarrada com sorrisos. As moças vieram à janela e namorou-se à antiga.

Em Fão estas tradições ainda se repetem e o povo canta em uníssuno as cantigas de outrora. A guitarra do Mário Belo com 87 anos ainda se ouve, por vezes já trôpega, mas com graça.

Quem não quer saber das guitarras por estes dias é o nosso amigo David, que foi sujeito na passada segunda feira a uma intervenção cirúrgica no hospital dos bancários e tem para uns tempos pois o pós operatório é normalmente muito incómodo.

Tenho conversado com ele e faço votos que se recomponha depressa pois temos umas contas gastronómicas para ajustar. Um abraço grande para ele.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº