fale connosco


2011-01-02

Arsénio Pires - Porto

Caro JMarques:

Eu sabia que tinhas ido de viagem!

Abriguei-me ao calor do Solstício de Inverno, sim, porque esperava resposta tua ao desafio que te lancei.

Agora que ela veio, aí vai a minha intervenção.

Vai ao "Pontos de Vista"! Espero que não te cales!

E, os outros, também!

2011-01-02

JMarques - Penafiel

Depois de alguns dias de ausência verifiquei que o colega Arsénio me intimou a um debate sobre a fé mas depressa se agarrou ao solstício de Inverno, talvez pelo calor que proporcionou.
O colega Gaudêncio prontificou-se logo a trazer para a mesa a obra de Pepe Rodriguez, que eu já conhecia e que polemiza à partida qualquer abordagem a Igreja,a tal que desde o nascimento nos pretenderam prender com a marca do baptismo não consciente e uma série de verdades presumivelmente indiscutíveis.
É uma obra que merece leitura e em qualquer confissão religiosa ou política vale sempre passar pela nossa mente a antítese, pois não condiciona a mente, desde que ela seja livre e imperturbável.
Curiosamente Pepe Rodríguez mostra-nos nesta obra as entranhas da Igreja Católica, de que modo, com o passar do tempo, interpretaram mal as sagradas escrituras em benefício e lucro de uma instituição que longe de divulgar fielmente os ensinamentos de Jesus, os perverteu para encher as suas arcas.
É uma obra muito contestada como são todas aquelas que procuram mostrar e demonstrar o percurso com altos e baixos de uma instituição com largo poder através do dinheiro.
Por vezes sentimos que é bater no molhado e nem mesmo o Wikileaks com todo o seu pragmatismo recente conseguirá abrir uma ligeira brecha.Nas notícias deste site li uma referência a colegas do meu tempo e também eu recordo a imagem da última ceia no refeitório.

 

2011-01-02

manuel vieira - esposende

Mais um ano passou!

Na agenda do realizado esteve um Grande Encontro, que este ano focalizou Alcobaça e o seu Mosteiro, passando por Fátima.

Dos pequenos Encontros eles foram acontecendo em Palmela e também nos Arcos de Valdevez, para além dos micros acontecimentos por aqui e por ali mas que não tiveram cartaz.

Lançaram-se 2 números da nossa revista Palmeira, o 29 e o 30.

Entretanto o nosso site foi servindo de lareira para o nosso grupo onde alguns lançaram achas para a fogueira e muitos outros beneficiaram do seu calor.   O importante é que ninguém se constipe com as correntes de ar.

Já estamos em 2011 e temos de começar a planificar a nossa vida associativa.

Vamos indo e vamos vendo e para já votos de saúde e entusiasmo pela vida.

2011-01-01

manuel vieira - esposende

Atitude positiva para enfrentar os novos tempos são os meus votos sinceros, consciente que a austeridade é uma imposição e uma necessidade e que o mundo caminhará para uma nova ordem.

Para todos votos de muita saúde, dinheiro e amor como dizia a velha canção... um bom 2011!!!!!!!!!

2010-12-31

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Mais um ano finda hoje. O que lhe vem a seguir, por tradição, deveria incutir sempre dentro de nós grandes expectativas de vida melhor, de muita esperança em tempos de redobrada felicidade. Porém, este ano que logo vai entrar, desditosamente e por força da actuação de uma sinistra quadrilha de Ladrões e vigaristas, já todos sabemos como irá decorrer. Aqueles fogachos de mudança para melhores anseios, que iam chispando em tempos mais sombrios, presentemente, parece terem-se apagado de vez. No entanto, nós estamos aqui para não os deixar morrer e, apesar de vislumbrarmos nuvens negras no horizonte, não  podemos nem devemos seguir um triste fado.

De maneira que, logo á noite, esqueçamos as subtis filosofias do Alexandre, as frustradas contendas do nosso Arsénio com fantasmas fugidiços, os devaneios e utopias do caro Assis, entremos na "bacalhauzada" do douto e experiente Peinado, nas "mexilhoadas" do Vieira e recebamos, mesmo assim, o sacana do 2011, pois ainda cá estamos. Abri-me esse espumante ou, ao menos, uma zurrapa do Morais, comei lá essas passas e terminai com umas ásperas "borrachonas"; mas nada de exageros. Eu não acredito no simbolismo das doze uvas passas, mas a minha mulher diz que dá tudo certo e então não me custa nada fazer-lhe a vontade.

Caros companheiros e amigos; muita alegria e fé são os meus votos para logo á noite, desejando poder dizer-vos o mesmo - ou melhor -  daqui a um ano.

Ide aparecendo sempre!

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº