fale connosco


2011-04-19

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Dou razão ao nosso companheiro Gaudêncio quando alerta para que, neste nosso site, anda tudo caladinho como um peto, conforme dizia uma das minhas santas avós. E isso não é bom. Também lhe dou razão no que toca ás bulas, mas não com a ênfase que ele pretende, pois a isso de bulas foi espécie com que nunca me preocupei ao longo da vida, apenas pela razão de que não via razão nenhuma para tal. Comi a carne que quis, quando pude e me apeteceu, de todo o animal comestível e até de outros que muito raramente alguém come ou comeu. Foi mesmo no noviciado de Nava del Rey que eu, como português valente e só para não morrer burro, me abarbatei com um suculento bife de gato, sabendo que o era, mas a "valentia" só me durou até metade do repasto. Ainda hoje, embora sem a  satisfação de outrora, continuo a comer certos petiscos onde entram "determinadas" carnes; também porque os dentes já não estraçalham como dantes. Mas vou pelo Gaudêncio; o peixe é outra coisa e esse molda-se muito melhor a todo o género de dentição. E aproveito para o ir avisando e a todos aqueles que apreciem um esquisito prato gastronómico - de carne, é certo - que se vão preparando para comparecer em mais uma daquelas nossas extravagâncias que vai ser programada lá para o fim das férias. Já as tivemos de peixe, enguias, bacalhau, lampreia e ... sei lá! Garanto que se não vão arrepender nem vai ser nenhum pecado!


 

 

 


2011-04-19

António Gaudêncio - Lisboa

Meus caros companheiros

Só vos proponho duas palavras : Bolas e Bulas

Bolas: porque este site está mais quedo e parado que as águas do Lago Vitória! Ninguém diz nada, ninguém refila, enfim, parece tudo morto ou morrido!!!!!

E falo em Bulas porque ainda hoje acho piada e farto-me de rir devido ao facto de, em tempos remotos,  a Santa Madre Igreja nos obrigar a comprar as ditas cujas, no tempo da quaresma, para nos permitir ( salvo erro ou confusão minha ) comer carne  (sem pecar ). 

Eu hoje não compro tais Bulas porque se a Igreja me quisesse penalizar teria que me proibir de comer era o peixe porque a carne evito-a eu muito bem.

Desconheço como e quando se terá iniciado tal obrigação mas suponho que tal herança se deve ao facto de  algum daqueles Papas  imaginativos ( que os houve em abundância ao longo dos tempos ) devia ser dono de uma boa frota pesqueira que era preciso rentabilizar e daí a proibição dos "índios" se aproximarem da carne pecaminosa. 

A propósito, os meus amigos compraram este ano as tais bulas? Qual é o preço actual dos tais papelinhos?

Boa Páscoa para todos e depois esqueçam as tais bulas porque elas caducam quando termina a quaresma. 

2011-04-15

manuel vieira - esposende

Já todos receberam a nossa Palmeira, que se encontra também disponível já em pdf neste site e o tema do Grande Encontro quase monopolizou os conteúdos, servindo assim de informação e sensibilização sobre o grande tema cultural "Vergílio Ferreira".

A insistência do Arsénio para que se inscrevam tem a ver com a preparação logística, que dá o seu trabalho e exige bastante tempo.

Alguns colegas já o fizeram mas a nossa mensagem forte vai no sentido de sensibilizar para uma pré-inscrição por parte dos interessados.

Entretanto já está disponível no site uma "entrevista" ao nosso colega Davide que vai merecer certamente a vossa curiosidade. Em "entrevista"...

2011-04-11

Arsénio Pires - Porto

Jovens:

"O que importa não são as coisas que acontecem: o que importa é o modo como se fazem acontecer", diz o anfitrião do nosso próximo Encontro Nacional, Vergílio Ferreira.

Façamos acontecer este Encontro Nacional de modo a ser um GRANDE Encontro.

De ti depende. Também.

Tens intenção de ir? Faz já a tua pré-inscrição. Sem compromissos.

Assim poderemos começar a tratar das reservas necessárias: restaurantes e hotel.

Ajuda-nos!

2011-04-11

PEINADO TORRES - PORTO

Boa tarde companheiros Recebi a PALMEIRA e já li alguns dos seus conteúdos, parabéns aos vários autores. Vou para férias prolongadas, os meus amigos vão-se ver livres de mim durante algum tempo, REFORMADO não é só para dizer que trabalha, REFORMADO é para ter tempo livre para fazer e realizar sonhos, que o tempo de trabalho não deixava fazer. É bom ser REFORMADO e ter tempo para organizar uma vida calma e tranquila, e, organizei-me para ir ao GRANDE ENCONTRO, inscrevi-me, e agora porque vou estar ausente comunico que NÃO POSSO ESTAR PRESENTE. Fica portanto sem efeito as duas marcações que fiz. Faço votos para que seja um convívio como sempre tem sido, isto é, ao nível da AAAR. Como estamos em tempo de crise, será bom e oportuno lembrar que A MUI NOBRE E INVICTA CIDADE DO PORTO já começou a festejar antecipadamente o S. JOÃO com a vitótia RETUMBANTE DA LIGA PORTUGUESA pelo glorioso FUTEBOL CLUBE DO PORTO, baluarte da cidade, do NORTE, de PORTUGAL e conhecido em todo o MUNDO, não só pela sua grandiosidade, mas também pelo inegualavél e famoso VINHO DO PORTO, brisdemos pois pelo FUTEBOL CLUBE DO PORTO. AMIGOS E COMPANHEIROS, um forte abraço. VOLTAREI quando puder

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº