fale connosco


2012-08-30

Aventino - PORTO

Já que o PEINADO fala em gastronomia, embora eu não seja nem um entendido nem um grande garfo, deixo aqui algumas sugestões e desafio os companheiros AAR´s a partilharem também as suas referências de bons restaurantes, tascos, hotéis, sítios belos que em qualquer momento das suas vidas lhes marcaram o estômago ou o espírito.

Começando pelo Norte: em Valença, CASA ÁLVARO(barato); em Paredes de Coura, O CONSELHEIRO(barato); em Caminha, MURALHA (barato), FORTALEZA(Vila Praia de Âncora(barato); em Viana do Castelo, (Santa Marta de Portuzelo) CAMELO (médio); em Apúlia, O FORNO (barato); em Árvore (Vila do Conde), o ROMANDO (médio); em Matosinhos, centenas deles mas destaco: para marisco, a Marisqueira de Matosinhos(caro); para peixe assado na brasa, o Fernando (médio); para umas simples sardinhas, o Leme (barato), para uma lampreia, o Gaveto (médio); para cozinha de autor, o 44 (magnífico mas caro). No Porto, nem vale a pena falar-vos da gastronomia na cidade do Porto que tem do melhor que há em Portugal. Em Coimbra, a Taverna (médio), o Zé Manel dos Ossos (barato); em Lisboa, o Gambrinus (caro) o Bica do Sapato (barato ao almoço; caro ao jantar); o Papa-Açorda (caro) o Vela Latina e a sua localização excepcional em Belém muito próximo da Fundação Sommer-Champalimaud (caro); a Adega Tia Matilde (dos benfiquistas mas bom e a preços médios); o Museu dos Presuntos, a preço médio. Em Cascais, o Mar do Inferno (médio) e o Monte Mar (caro). No Algarve é quase tudo mau mas há uma ou outra excepção para a bolsa dos AAR´s: Três Palmeiras, na Praia da Oura; na GUIA, o Frango da Guia; o Paixanito na Quinta do Lago; o Querença em Querença, Loulé.

E para rematar a peregrinação, almoçai e jantai no melhor restaurante de Portugal: SÃO GIÃO, em Moreira de Cónegos.

Agora que estais satisfeitos de corpo,escrevei aqui umas palavras, partilhai aqui as vossas ideias e ide, ide todos ao encontro da AAAR que se realiza nos dias 08 e 09 de Setembro na Quinta da Barrosa onde ainda somos meninos.

2012-08-29

manuel vieira - esposende

Foi bom "ouvir" o Peinado! Estou por terras do Samorinha como já é hábito nestes fins de Agosto, a conviver com este nosso colega e meu companheiro de curso. Ontem à noite estivemos a conversar com o Martins Ribeiro através do Skype, o que já é tarefa normal durante todo o ano. Também falei ontem de manhã com o Luís Guerreiro em tom de despedida pois estes dias regressa a Brasília.

Para a outra semana já nos encontraremos na Quinta da Barrosa e é importante que o Grupo funcione em quantidade de presenças.

Não podemos esquecer que este Encontro tem também uma função importante pois a Assembleia Geral vai ter de escolher uma nova equipa para liderar a Associação durante os próximos 2 anos.

Entendo que estamos em fim de ciclo e será importante renovar a condução do Grupo.

Já atingimos uma forma de vivência e convivência que encurtou distâncias e hoje já temos um círculo relacional que tem cerca de 100 nomes.

São cerca de 100 endereços de e-mail que identificam 100 colegas (sem as esposas), embora os nossos Encontros estejam longe destes números, mas isso também é característico de outros Grupos de objeto diverso do nosso. Vide as Assembleias Gerais de muitas Associações.

Já nos habituamos também que a provocação acutilante não é o melhor isco para atrair os colegas a qualquer discussão interessante pois gera retracão e diz-nos a experiência que são sempre os mesmos a entrar na rodinha do debate quando ele acontece. pois também sabemos que muito boa gente não tem predisposição para a participação escrita. E já só estranhamos quando os de costume não aparecem, como o mostrou o nosso amigo Peinado, com a clareza que bem o define.

Algumas empresas utilizam um espaço de tempo para conversar com os colaboradores sobre os mais díspares temas e criam o “Vai quem quer” em horário pós laboral onde muitos dos que lá vão não falam e apenas ouvem o que outros colegas questionam. E todos ficam mais bem informados.

Mas todos os que lá aparecem mostram que têm interesse.

Nos dias 8 e 9 os colegas habituais vão estar presentes em Gaia e sei que novos nomes já manifestaram o interesse em lá estar também, o que reforça a nossa existência associativa.

Outros não vão poder estar por razões diferentes mas já tiveram o cuidado de contactar a dar notícia dessa ausência.

Em termos de planificação é importante que os que querem estar presentes o manifestem pois em termos logísticos é necessário saber quantos vão estar. Essa é a grande preocupação do Arsénio e essa responsabilidade na organização tem de ser compreendida pelos colegas pois as coisas correm bem quando existe a disponibilidade de todos.

 

2012-08-29

Arsénio Pires - Porto

Meu caro Peinado:

Tinha já puxado de papel e lápis para te desancar quando começaste a tecer loas a Viena de Áustria (que também conheço...) e, pensava eu, te esquecias da melhor e mais bela cidade do mundo: o nosso  PORTO! Vá lá que te remiste no final daquele parágrafo!

Pois, amigo Peinado, assim é. A nossa história é como a de Andorra. Não temos (ou não queremos ter...) passado. Vivemos à beira dum rio que passa e abrimos as nossas portas ao contrabando. Somos um lugar de passagem. Vinda a noite, ficamos vazios!

E não adianta marcarmos presença numa mesa de ausentes. Falaremos sempre só connosco. Apesar das memórias que não queremos e do hino que nem sequer sabemos.

Encontro. Tenho colaborado na Comissão Fabriqueira. Sempre com alegria. Agora... com já muito cansaço físico e canseira interior. É hora de ceder o ministério antes que rebente a revolução.

Meu caro, lá que necessitamos da tua alegria... necessitamos! A tua sempre boa disposição faz-me sentir que ainda vale a pena tomar assento em frente a um pedaço de pão e um copo de vinho. IREI.

Vem também porque fazes-nos falta! Ainda que seja para nos mandares àquela banda! Que é o que nós merecemos!

Grande abraço.

2012-08-29

Peinado Torres - Porto

Bom dia amigos e companheiros Vou a proveitar este espaço, para escrevinhar umas linhas. Como quase ninguém está a passar cartão a esta página, estou à vontade para dissertar sobre vários temas. O nosso caro ARSÉNIO, mostra-se desiludido com a malta AARS, diz que não temos história, qual história? andas muito distraido, desde a sua fundação atribulada, e sobretudo depois da refundação, esta MUI NOBRE ASSOCIAÇÃO nunca mais parou. Este ano foram efectuados cá no norte 5 convívios e não estives-te em nenhum, mas ainda bem que nos acompanhas-te quando fomos a MESSINES, melhor dito ao convivio do DELFIM, que só foi diferente dos outros pelo número elevado de participantes, porque estivemos mais tempo juntos, com actividades variadas, no que respeita a relacionamento foi óptimo, isto é ao nivel de todos os outros quando nos reunimos. ARSÉNIO´nós somos assim, estamos sempre à espera que os outros organizem e demoramos sempre a dar resposta, eu sei por experiência que é uma situação frustante para quem disponobiliza o seu tempo, e a vontade de fazer coisas, mas com a experiência e anos de vida que tens já devias de saber que a maioria das pessoas são lentas a dicidir.Bom, li e reli o que escreves-te a meu respeito, como não sou vaidoso digo-te que além de ter ficado ccomovido GOSTEI, fez bem à minha pessoa. Que DEUS te dê muita saúde e vida a ti e aos teus. Agora é a vez de me virar para o AVENTINO. Então seu malandro só agora é que resolveu enviar o roteiro GASTRONÓMICO ? estives-te à espera que eu hibernasse, para dizeres onde se come bem. Paris, é uma cidade encantadora tens bons gostos, mas para mim a cidade mais bonita e acolhedora da Europa é VIENA DE AUSTRIA,pela sua sua arquitectura, pelos palácios e museus, pela simpatia das pessoas e pela bela música da família STRAUS, depois do PORTO. Não sei por onde andam os EX RECLUSOS, MARTINS RIBEIRO, MANUEL VIEIRA, ALEX, GAUDÊNCIO, e mais alguns colunistas desta página a receberem chorudas subvenções e não fazem NÉPIA, amigos o tempo é de crise portanto vamos ao trabalho e vamos dizer o que fizemos nas férias, OK ? E em tempo de finalização, daqui envio um forte abraço ao amigo GONÇALVES DIAS que também é PORTISTA, portal motivo pessoa de bom gosto, não quero dizer que os demais não sejam também, mas ó azul é o AZUL, é a cor do CÉU. amigos por hoje já chega, um forte abraço para todos VÓS. VOLTAREI, melhor dito espero VOLTAR
2012-08-27

Arsénio Pires - Porto

Caro Aventino:

 

A voz dos AAR's é, como quase sempre, o silêncio!

Estamos de acordo com este pedaço de terra que o mar ainda não engoliu.


Assim vistas as cousas, ouso sugerir o 1º dos 10 enunciados sobre o nosso sentir e ser de

AAR. Aqui vai, pedindo emprestadas as palavras ao nosso Eça:

 

1º. O AAR não tem história. É como a república de Andorra!

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº