fale connosco


2012-09-11

manuel vieira - esposende

Muitos foram os nossos colegas que ontem e hoje visitaram o nosso site (média diária de 80). A curiosidade tem a ver com o Encontro Nacional  do passado fim de semana e compreende-se.

Na "Galeria de Imagens" deste site já podem ser vistos os registos do acontecimento.  O Martins Ribeiro já anunciou o seu vídeo,  e é um magnífico registo das fases várias do Reencontro de 2012.

Também nas fotos dos Encontros já aparece um álbum de imagens.

Já está actualizada a listagem dos Órgãos Sociais e está disponível desde sempre neste site a leitura dos Estatutos, um documento que foi muito referenciado na Assembleia Geral e que pode retirar algumas dúvidas sobre questões lá abordadas.

Em resposta ao meu e-mail que informou muito resumidamente sobre o Encontro e remetido para cerca de 1 centena de endereços, vários colegas mais uma vez lamentaram a ausência por razões ponderosas.

Um dia destes vou responder ao desafio do Aventino e do Castro pois a posta à Mirandesa (bom tema para um Encontro) bem merece um apontamento de Chef.

2012-09-11

A. Martins Ribeiro - Terras de Valdevez

Caros companheiros e amigos:

Estou aqui a informar-vos de que  o filme do nosso Encontro de Gaia, já se encontra publicado no YouTube e agora será colocado pelo Vieira na respectiva rubrica do nosso site. Cumpre-me esclarecer que, muito embora no dia de ontem tivesse trabalhado para isso e tudo tivesse feito para que o mesmo estivesse ao dispor de todos um pouco mais cedo, surgiu, no entanto, um erro, de certa forma persistente, com a sua transferência para o YouTube. Fiz o que pude, mas nestas coisas da Net, muitas vezes, não é como nós queremos. Devo informar-vos de que o filmezito tem cerca de doze minutos sendo, necessariamente e por força de regras estabelecidas, um resumo do que se passou; no entanto, está lá um bocadinho de tudo. Fico á espera de que vos agrade e se quiserdes tecer algum comentário sobre o mesmo podereis fazê-lo carregando-o directamente do respectivo link ou até no nosso próprio espaço que é o lugar indicado para isso. Por último, aproveito para dizer que gostei muito do convívio e de ter conhecido mais uns companheiros, precisamente os que vieram pela primeira vez. Bem se diz que todos os dias aprendemos coisas novas. Apreciei a “prova” do generoso néctar do Porto e, como eu sou um tanto guloso, não resisti a emborcar os dois cálices que me puseram na frente; depois, claro, tive ali uns segundos em que, dada o meu diminuto encaixe dos efeitos destes fortes impactos, me pareceu ouvir o longínquo e sumido trinado de alguns passarinhos. Porém, nem se deu por tal. Também já li o belo texto do Ismael Vigário e estava convicto de que, nesta altura e aproveitando a frescura do acontecimento, já haveria uma grande corda de mais escritos. Parece que me enganei mas, estou certo,, eles vão aparecer. Um sincero abraço a todos vós.

2012-09-11

manuel vieira - esposende

Mais um Reencontro em Gaia...

O Ismael focaliza pontos  fortes que marcaram o dia de sábado e os porquês.

O Arsénio toca num ponto que sensibilizou muito o grupo.

A presença do Nelson Pais refrescou o grupo e consolida...

O Freitas Escaleira abriu um novo ciclo de testemunhos que evidenciam o nosso capital humano...

Senti-me bem, muito bem...

2012-09-10

Ismael Malhadas Vigário - Gualtar- Braga

O nosso encontro em Gaia/2012

Era Setembro e o calor parece que tinha passado, havia uma nuvem de chuva que humedecia os cabelos. Ainda ontem era abafado e barafustávamos com o tempo.  O tempo hoje é de encontro, de revisitação de antigos e sempre novos colegas. Descobrimo-nos sempre que nos encontramos e as sensações têm a cor da luz e do sorriso e da fala e do diálogo rasgado. Deixámos o quotidiano e remontámos a um espaço e a uma emoção antiga e agora e quase sempre renovada. Passamos mais envelhecidos, mas com o peso e o sabor dos novos e antigos tempos vividos. Somos os mesmos, mas já diferentes, o tempo ainda é de oiro e continua a bafejar-nos a sorte de palmilharmos os caminhos antigos e agora revisitados.  A nossa vida ainda sabe a mosto e sentimos a duração das coisas quase perfeitas. Mas o bom daquela tarde foi ouvir e sentir a memória narrativa do Freitas Escaleira a propor a decantação do ser, do nosso ser.  Mostrou-nos uma travessia, a dele, mas a nossa também se acoplou. E quando o Freitas desfiava as suas contas, todos nos deixávamos guiar pelos seus passos: pelas fantasias musicais, pela vida feita de poesia, pela procura da verdade mesmo que a voz já fosse rouca de tanto a esmerilhar. Obrigado Freitas pela tua vida feita de poesia, de reflexão, de estudo dos clássicos gregos e da Bíblia. À noite, ao jantar, ainda continuaste a desfiar a tua meditação heurística dos textos bíblicos. Em que situações é que se pode revelar um ser? À família, a um amigo especial. Aqui a relevação fez-se a um auditório de amigos e viveu-se a confiança do auditório e do prelector.

A missa culminou o nosso encontro. A nossa emoção rebentou na fala do Francisco de Assis que deixou que a verdade falasse mais alto, apesar da formalidade protocolar do divino sacrifício. Humanizou-se a mesa e os comensais partilharam uma palavra e um sangue que o sentir de todos tornou o dia mais quente dos nossos corações. O Pe. Faustino esteve impecável e partilhou connosco a ideia de que todos somos divinos.

2012-09-09

Arsénio Pires - Porto

Encontro Nacional.

Tudo muito bonito.

Mas, do que mais gostei foi de dar um GRANDE ABRAÇO ao nosso Peinado!

Por mim, o Encontro podia acabar ali!

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº