fale connosco


2012-08-06

Arsénio Pires - Porto

Peinado amigo,

A AAAR está contigo!

 

Podes não querer a via telefónica.

Mas, se nos leres, saberás que te queremos bem! E muito!

Desde os tempos de reclusão em que nos punhas em sentido com a tua bondade distributiva da sêmea, até aos tempos de hoje em que nos alegras com o teu sorriso e sempre boa disposição.

Queremos-te rapidamente de volta ao cabrito de Monção!

 

Homem do Porto edificado sobre um promontório rochoso

sabemos que tu és TORRES.

De pedra como a TORRE que sempre foste junto de nós.

TORRE que não se verga.

TORRE que corta a direito, doa a quem doer.

 

Queremos-te de volta.

Rápido!

Mas, por favor, logo que te sintas só um pouco melhor, escreve-nos:

VOLTAREI.

E nós iremos comer contigo um pedaço de pão.

E nós iremos beber contigo um copo de vinho.

2012-08-05

Diamantino Alves - Maia

CARISSIMO  EX  RECLUSO

ESTIMADO  “USTED   TORRES”

 

Só tu ó meu, me levas a botar escrita, nesta via de serventia.

Pensava que te tinhas pirado dos mánfios, para laureares a pebide,

num sítio tótil de fixe, quando, o outro TINO, avisa a gangada, que

o nosso PEINADO está feito ao bife.

Carágo, tu és do núcleo duro. As ouras passam.

Fáchavor, não te armes em freguesinho. Não te queremos manguela,

nem pastelão. Mexe os calcantes. Não te amoutches.

Lembra-te que, ainda temos muitos condutos,  para encher a mula, e levar

a canalha, à badalhoca.

Agora, cheguei à barona, vou dar corda aos vitorinos.

A mourada cochiça que estou armado ao pingarelho e a falar para a central.

São todos uns lázaros.

Se não entendeis o paleógrafo, pesquisai no figueirinhas.

Amigo Peinado, com serenidade, aplica os 3Rs:

- Recluso      Recupera    Reafirmando:            V o l t a r e i

Um Abraçããããooooo

 

Pequena nota:

Hoje, não sou ex de nada. Sou do PORTO, um calhau solidário,com dois olhos.

 

2012-08-05

Assis - Folgosa - Maia

"No Princípio era o VERBO..."

PALAVRAS POÉTICAS: vãs, de sabão, plenas de solidariedade, matriciais. Todas elas palavras poéticas quando desenhadas com cores de fraterno arco-íris. Palavras com que brincámos e hoje nos levam à meninice que todos vivemos em Vila Nova, longe do ruído de qualquer comércio, ou de guerra fraticida. Hoje AAAR(s)... Que alguns de nós se encontram em sofrimento? Com eles sofremos todos os AAARs. Em nossos jardins, por eles e por nós mesmos continuarão a florir rosas e jasmins. Plantaremos fisális e groselhas para seus e nossos males e as palavras de hoje serão ainda os doces laços da nossa amizade entre um passado longínquo e o futuro próximo. Palavras, Palavras... Tão só Palavras com sentimentos de Esperança de Vida.

Abraço fraterno

2012-08-04

manuel vieira - esposende

Belos textos para serem apreciados em leitura amena e no conforto de um dia de verão...

"Palavras,Hálito Matricial" do nosso Alexandre Pinto é um texto que exibe a magnífica criatividade a que já nos habituou mesmo nas suas conversas, elevada a um máximo expoente.

Também o Martins Ribeiro na sua "Balda do sabão" a saber a balada nos faz lembrar a linguagem de Manuel Boaventura nos "Novos contos do Minho" a que associo o seu texto anterior alusivo aos S. Bentos.

O Ismael tem mostrado ultimamente o seu espaço poético e o Arsénio lembra nesta área um ex-colega Jorge Amorim que eu não conheço, mas com obra publicada segundo me informou o Assis.

O nosso colega Peinado começou muito recentemente a fazer hemodiálese, conforme nos tinha anunciado há bastantes meses, embora sem data.

Com o seu espírito positivo que todos lhe reconhecemos percebemos que esta fase de desconforto poderá ser ligeiramente atenuada por essa sua forma de encarar a vida, mas as palavras do Aventino geraram uma preocupação geral dos colegas e associo-me a todos nesse abraço amigo de grande solidariedade.

2012-08-03

Aventino - PORTO

AO PEINADO

Dai uma palavra, dai. Um afecto, um abraço, um telefonema, um gesto simples que engrandeça a alma.

Dai de vós um "chisquinho" da generosidade com que nos fizeram.

Dai de vós o que tenhais para dar, que afague o sofrimento do PEINADO.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº