fale connosco


2013-07-02

ANTÓNIO GAUDÊNCIO - LISBOA

E agora................... meus caros ?  

Depois do bródio faval, feita a digestão do mesmo e celebrada a qualidade do convívio, este sítio entrou num silêncio a que eu mais chamaria um velório.

Algumas "penas" que, ultimamente, tinham aparecido e que prometiam, calaram-se sem nos explicarem a perda do pio. Não me refiro-me a ninguém em particular mas recordo o nosso companheiro Cabral que, depois de um começo auspicioso, nos últimos meses, aos costumes disse nada............

O Aventino tem andado muito calado o que é mau mas (aqui só para nós)lembro-me que a sua última intervenção me deixou de boca um pouco à banda. O Arsénio anda, ou deve andar, em gestão de esforço. O nosso decano tem desculpa pois essa coisa do olho tem que se diga..........Espero que melhore depressa para nos voltar a contar aqueles arrevezados, mas sempre comoventes, amores dos anos 50.

O último moicano, que nunca tem negado fogo, é o generoso Peinado que  vai animando as hostes no seu estilo folgazão, divertido e sem preconceitos. Segue rapaz.................e que nunca as mãos te tremam..........

Deixo de fora o Alex porque aquela prosa fina, elegante e versando assuntos elevados, não pode surgir todos os dias, nem convém, pois a banalizaçao é meio caminho andado para o desinteresse. E essas tuas histórias demoram tempo a amadurecer por isso a ti não se te exige que escrevas dia sim dia sim pois o amor também cansa!!!!!!!!!

E já não digo mais nada pois, nesta altura, o velório já entrou naquele período em que, sem perder o respeito pelo defunto, passa-se o tempinho contando umas anedotazinhas, ligeiras, brejeiras mas cheirando a vida!!!!!!!!!! 

    

2013-06-23

António Peinado Torres - Porto

Bom dia

VIVA A FAVADA E A AMIZADE " Palavras para quê ? " O nosso presidente já disse quase tudo e como sempre em alto estilo de SUPLESSE.

 Apenas quero salientar dois pontos:

1º- Estes almoços servem para cimentar amizades, para reencontros com ausências de décadas, e sobretudo para festejar a VIDA.

 2º- Foi oportuna e muito interessante a intervenção do José Lamas, pois veio dar uma certa ALEGRIA a este site a originalidade da sua comunição, não estando presente corporalmente, esteve de facto connosco, como aliás outros AARS estiveram.

Pessoalmente fiquei encantado com a frescura revelada pelo LUIS GUERREIRO na conversação que mantivemos, a sua sabedoria e experiência continuam a fazer dele UM PROFESSOR, mas acessível e sem qualquer ponta de arrogância ou de vedetismo.

 Se estiver cá espero nova FAVADA no próximo ano e como dizem os BEIRÕES " BEM HAJA ASSIS E ESPOSA " Voltarei.Peinado

 

 

2013-06-23

manuel vieira - esposende

Caro Lamas,

O Assis hoje teve a casa cheia e recebeu-nos com o entusiasmo de sempre e a esposa Belquice foi incansável para que nos sentíssemos bem na sua bela Cabana, com uma natureza frondosa e fresca a enobrecer o espaço.

Aquele tal  espaço que nos ofereceu uma boa favada acolitada de um arrozinho solto de legumes e uns “ossinhos” grelhados no ponto, tarefa última que coube aos assistentes na brasa o Meira e o Zé de Castro. Em casa não trabalham mas no lugar de  Cabanas foram inexcedíveis.

Nas entradas não faltaram enchidos, queijos e as magníficas morcelas do S. Frutuoso e os refrescados vinhos verdes de Crespos, tudo com uma  broinha  de milho de boa cozedura das bandas de Esposende.

Nas sobremesas refrescou-nos o melão e adoçou-nos um leite creme com bolacha a preparar um cafezinho e licores vários. No lanche coube-nos uma  afável  e boa fatia de pão de ló amarelinho que o nosso  Peinado e o Davide já não provaram por estarem já a caminho de Campanhã. Já tinha saudades de ver o Davide, que se reencontrou com o Freitas Escaleira 55 anos depois. É muito tempo…

Também o Guerreiro e a esposa nos deram o conforto da presença, mais o Barros, o Arsénio, o Alexandre e o Eugénio que ainda não tinha referenciado.

O dia esteve muito bom em Orbacém e foi um dia bom, mas outros virão.

Em Braga esteve o Lamas cheinho de ansiedade mas ainda conversamos ao telefone, também com a D.Argentina e depois também conversámos com o Martins Ribeiro que teve de faltar devido a razões de saúde que são do nosso conhecimento.

 

Do nosso Encontro de Setembro já se divulgaram os alinhabos gizados pelo Kumité e o Alexandre vai atiçando com os ondulados durienses a que o António Rodrigues já deu convictamente o sim.

2013-06-22

António M. Rodrigues - Coimbra

Mui estimado e prezado "Kumité", a não ser que haja impedimento grande e imprevisto, nos dias 14 e 15 de Setembro, eu mais ela compareceremos nesses sagrados lugares torguianos.

Caso não esteja prevista e ainda haja disponibilidade recomendo uma visita à capela da Srª da Azinheira.

Se alguém souber ou conseguir informação acerca da casa e do quarto em que o refractário seminarista Adolfo Rocha habitou em Lamego, gostaria muito de saber dela.

Comparando a nossa viagem a Lamego, com a primeira que ele fez ha-de, por certo, ficar bem danadinho, mas também não pode andar tudo ao jeito dele. Que se amanhe e fique quieto, enquanto andou por cá resmungou bem a parte dele.

Saúde da boa ou da bem recuperada para todos.

2013-06-22

JOSÉ MANUEL LAMAS - NAVARRA - BRAGA

O jornal de Navarra tem hoje condições para informar com segurança, tudo o que está relacionado com o grupo de individuos que se deslocava em direcção ao Alto Minho. Soubemos hoje através da mesma fonte (anónima) que o grupo é formado por duas facções, uma oriunda de vários quadrantes do norte do País e a outra do sul, sabe_se lá de que parte da Moirama, mas também quando se trata de Mouros, o assunto torna_se complicado. A dita fonte, que já não é anónima, disse à nossa redacção, após ter apresentado queixa à autoridade local, que se tratou de dois grupos de invasores que assaltaram os favais de Cabanas e que a seguir à sua passagem, não ficou para trás nem um grãozinho de fava para o pobre gaio.                                                                                                                                  A fonte de toda a informação é o triste gaio que viu as favas pelo canudo do Bom Jesus de Braga.

Quer partilhar alguma informação connosco? Este é o seu espaço...
Deixe-nos aqui a sua mensagem e ela será publicada!

.: Valide os dados assinalados : mal formatados ou vazios.

Nome: *
E-mail: * Localidade: *
Comentário:
Enviar

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Copyright © Associação dos Antigos Alunos Redentoristas
Powered by Neweb Concept
Visitante nº